#6 Vida Real Mundo Virtual

Você pode ouvir no player aqui em cima, ou clicando em um dos links abaixo:

Spotify

Anchor

Textos lidos no episódio:

Tem Vidas na Tela

Trabalho do Quinto Ano

Participe do Podcast

Quer participar no próximo episódio do podcast? É só me mandar uma pergunta, sugestão ou qualquer mensagem. Estou lá no Instagram como @coisasdpedro. Além disso, se você usa o Anchor, pode me mandar mensagens de áudio no link anchor.fm/coisasdpedro.

Em sua dependência, não dependa de ninguém

Quando você procura independência, seja numa vida universitária recheada de noites em crises de personalidade e síndrome do impostor, ou uma mini república que foi colonizada a séculos por um estado majoritário opressor, você aprende que ser independente é depender de todo mundo. No meu caso, saindo da casa dos pais e me casando, eu deixei de ser dependente de quem trocou minhas fraldas para depender de um emprego, um locador e um cartão de crédito. Esquece a parte do cartão de crédito.

A questão aqui é que eu e minha digníssima tínhamos um locador pronto para nos receber. A casa já estava praticamente alugada para nós. Não fosse o fato do atual inquilino estar construindo, e depender de algumas coisas para sair da casa no prazo. Tá vendo o negócio da dependência que eu te falei?

Eu dependia do locador, que dependia do inquilino sair, que dependia dele terminar a construção da casa própria dele, que dependia de não chover.

Choveu.

A construção atrasou. Ele devia ter saído dia 15, e já era dia 22. A casa não estava desocupada para nós. E assim que descobrimos que, em nossa dependência, não devemos depender de ninguém.

Escreva um diário

Por 365 dias eu escrevi sobre meus dias. Esse foi meu 2020.

Eu comecei no dia 2 ou 3 de janeiro, detalhando em um arquivo de Word como foi minha virada e os primeiros segundos do ano. Depois disso continuei listando e descrevendo os dias, um após o outro.

Fiquei alguns dias sem escrever, e sentava durante um tempo para tirar o atraso. Não pensei que faria isso até o fim do ano de 2020, mas fiz. E foi uma das melhores coisas do ano.

A sensação de ter ali meus dias registrados, e poder escrever em detalhes meus sentimentos e minha visão das coisas cotidianas é incrível. Eu aprendi a contar histórias melhor. Melhorei minha expressividade e habilidade em descrever acontecimentos. Mais ainda, além disso tudo, eu registrei dos a dia do ano mais maluco de todas as nossas vidas.

Por enquanto este arquivo do Word está descansando no meu Onedrive. 130 páginas em folhas A4. Mais de 67.500 palavras. Não pretendo publicá-lo. Com certeza vou revisitá-lo este ano e nos próximos, quando eu me perguntar “o que eu estava fazendo neste dia de 2020?”. Além de um arquivo de alguns megabytes, fica a experiência, o aprendizado, e todo o incentivo para que você, leitor, faça isso. Registre seus dias. Comece hoje mesmo. Você não vai se arrepender.

#5 Ciência do Fim do Mundo

Você pode ouvir no player aqui em cima, ou clicando em um dos links abaixo:

Spotify

Anchor

Textos lidos no episódio:

Show do Fim do Mundo

Uma Tempestade se Aproxima

Participe do Podcast

Quer participar no próximo episódio do podcast? É só me mandar uma pergunta, sugestão ou qualquer mensagem. Estou lá no Instagram como @coisasdpedro. Além disso, se você usa o Anchor, pode me mandar mensagens de áudio no link anchor.fm/coisasdpedro.

Coisas que aprendi

Estou casado há pouco tempo, mas esses meses que se passaram me trouxeram um aprendizado que eu não teria de qualquer outra forma. É por isso que trago aqui, nessa série de textos, algumas coisas que aprendi sobre a vida cuidando de uma casa. Não vou falar de casamento, e relacionamentos. Com isso eu não tenho problemas nenhum. Mas a casa…

Bom, cuidar de uma casa requer algumas habilidades que só são adquiridas quando a água bate na bunda. Ou, no caso, na cara. Enquanto você é acordado a gritos pela sua esposa que está trocando uma torneira, fazendo uma linda cascata de água pela sua cozinha, molhando todo enxoval de panos de prato.

Essa é a série Coisas que Aprendi, na temporada Cuidando de uma casa.

A partir de hoje, toda quinta feira.