Teresa, foi bom te conhecer

Eu tinha uma Les Paul Golden Sunburst que comprei para tocar em um casamento.

Comprei na OLX, por um rapaz que estava se desfazendo da guitarra pra começar a aprender a tocar sanfona. De Sweet Child o’ Mine para Evidências. Não julgo, e, na verdade, até incentivo. E foi assim que eu tive a minha terceira guitarra.

Fechei o negócio pela OLX, e passei para o passazap pra ele me passar alguns detalhes e vídeos da guitarra, que estava vendendo junto com uma pedaleira. Pedi ajuda do Chris, um super amigo meu, que ia casar, e tinha pedido para que eu tocasse no seu casamento. Então pedi a ajuda dele pra ir buscar a guitarra em outra cidade. Ele me levou, e fizemos a troca em frente a uma rodoviária.

Fui com o Chris, e o rapaz foi com um amigo dele. Perguntei se ele tinha algum recibo, ou comprovante de que estava me vendendo a guitarra ali. “A gente pode cortar a ponta do seu dedo”, disse o Chris. Era pra ele rir. Eu ri. Depois todo mundo riu. Ninguém saiu sem a ponta do dedo. Eu saí com uma guitarra, o rapaz e o seu amigo saíram com o dinheiro combinado.

Corta a cena. Cinco anos depois…

Decidi comprar um computador.

Com muito incentivo do Felipe, um outro amigo meu, eu fiz uma pequena lista de tudo o que tinha e não usava mais. Isso incluía uma câmera parada, um videogame empoeirado, duas guitarras e uma caixa de som.

E então eu recebi uma mensagem na OLX…

(continua na série PC do Pedro)

Um comentário em “Teresa, foi bom te conhecer

Os comentários estão encerrados.