150 Textos!

Este aqui geralmente é o post para quem tem preguiça, sobre os textos que foram publicados durante o último mês.

Mas agora, alcançando essa marca (pouco marcante) de 150 textos, vamos passar pelos textos mais lidos do blog!

Clara – À Primeira Vista

Pra você que não sabe, eu publiquei um livro aqui no blog. Exatamente, um livro. Você pode baixar ele em PDF clicando aqui. Mas não é sobre ele que estamos falando precisamente, e sim sobre o primeiro capítulo dele.

Enquanto eu finalizava a edição dos últimos capítulos do livro, eu resolvi postar o primeiro capítulo aqui no Coisas de Pedro. Não é exatamente o padrão das crônicas e contos que eu posto por aqui. É um trecho grande, e não tem conexão com nenhum outro texto.

Mas, caso você queira saber mais sobre o que é Clara, e “que história é essa de que o Pedro fez um livro?”, é só clicar no link abaixo.

Clara – À Primeira Vista

Ela

Este é o texto mais fofo do blog. Sério.

É sobre a pessoa mais importante para o funcionamento e existência desse blog que você está lendo, caro leitor. É sobre a pessoa que me dá umas broncas de vez em quando, e me ajuda a continuar fazendo coisas de Pedro.

O texto Ela, eu fiz para a minha namorada, num aniversário de namoro. Eu não sou fofo? É, sou sim. Lê pra você ver. É só clicar aqui embaixo:

Ela

Curioso Caso do Presunto

Às vezes eu fico impressionado com a minha genialidade. Tá, desculpa.

Acontece que eu crio coisas que depois fico tentando entender como foi que elas saíram de mim. E assim aconteceu com O Curioso Caso do Presunto. Eu queria escrever algo que se parecesse com uma aventura medieval, e de repente, sem explicação nenhuma, aparece um presunto. A história se desenrola a partir daí.

Além de achar um dos textos mais geniais que já fiz (eu já falei isso, eu sei) eu também gosto de mostrar ele pra pessoas que conheço, só para ver suas reações. Você pode fazer isso com alguém perto também.

É só acessar no link aqui:

Curioso caso do presunto

Uma vez eu fiz um disco

Além de um livro, eu também fiz um disco! Mais ou menos, na verdade.

Eu contei um pouco da história desse disco, e publiquei aqui mesmo, em um texto do blog. Ele é baseado numa história que eu fiz em um piquenique, e talvez eu tenha feito mais coisas sobre essa história que serão publicadas em breve nesse blog. Não sei.

Segue o link do post, onde dá pra você ouvir.

Uma vez eu fiz um disco

Alfredo e seus amigos

Uma coisa que pouca gente sabe é que eu tive um sonho. Então eu acordei, escrevi esse texto no meu celular, e voltei a dormir. Depois, durante o dia, continuei melhorando ele até chegar onde está.

Esse texto segue a mesma linha do Curioso Caso do Presunto, mas é um dos primeiros textos que publiquei aqui no Coisas. Eu sinto um orgulhinho de ter escrito, e apresento para as pessoas, só para ver a reação delas no final. Acho que vou chamar esses textos de Efeito Nolan.

Leia com alguém da sua família. Faça teorias e tente entender alguma coisa. Me mande um e-mail.

O link do texto está aqui:

Alfredo e seus amigos


Agradeço a todos que leram meus textos, riram com eles, compartilharam com alguém, nas redes sociais ou em casa. Agradeço aqueles que estão me seguindo pelo e-mail, e recebem instantaneamente os meus textos novíssimos toda semana. Agradeço também à paciência de todos que me têm no Whatsapp, e não pulam meus status falando sobre os textos novos. Além disso tudo, agradeço à minha editora-chefe, que me apoia, me dá uns tapas, me ajuda na edição de alguns textos e me deu um celular para que eu pudesse produzir ainda mais coisas. 

E que venham mais 150.

Um comentário em “150 Textos!

Os comentários estão encerrados.