Casal XXI

Ele estava no sofá assistindo tevê quando ela chegou e perguntou:

– Notou alguma coisa diferente?

O tempo de casado pode ter sido o suficiente para ele saber que ela não teria pintado alguma parede da casa sem ajuda dele, então não era isso. Olhou em volta procurando algum móvel diferente, mas tudo estava exatamente como estava na noite anterior.

O tempo estava passando, ela esperando de pé, na frente dele. Era alguma coisa nela que havia mudado? Não sei. Ele também não sabia, mas resolveu começar jogando com a sorte e soltou um:

– Gostei amor! Você ficou tão…diferente – disse, olhando para cada detalhe do rosto dela com tanta pressa e pressão, que ela poderia ter mudado de cor que ele não teria reparado.

Abriu os braços e disse
– Vem cá, meu amor!

Resolveu jogar com algo mais certo que a sorte.

– Eu não sabia se você ia gostar, mas queria fazer surpresa, mas esperei o momento certo…

Enquanto ela o abraçava, deitando no sofá, ele abriu o smartphone no perfil dela, checou os últimos status. Foto no salão de beleza. Cabelo!

– Claro que eu gostei do seu cabelo, Manu! Ficou muito bom – disse, agora reparando mais no cabelo. Você não acha que eu cortei demais, ou que ficou muito claro?

– Não…não ficou, não – disse, olhando fotos antigas dela, para lembrar como estava o cabelo antes.

– E como é que tá a sua amiga…a…Cristina – disse, buscando na lista de contatos o nome da melhor amiga e cabeleireira da esposa.

– Tá bem. Agora que mudou de salão, ela tá com mais clientes.
Ele abriu o Mapas.

-Ah é, agora ela tá…na avenida XV, né.
-Uhum – afirmou – Vem cá. Você vai folgar essa semana?

Abriu a agenda. Rapidamente checou os compromissos.

– Não. Só semana que vem. Você sabe como que é lá onde eu trabalho, Manu. Com o projeto que a gente pegou agora, o pessoal vai virar a noite para entregar até sábado.

Manu arregalou os olhos. Ela sabia como era lá onde ele trabalhava. Tinha certeza que sabia onde o marido trabalhava. Tentou se lembrar para continuar o assunto, e não conseguiu. Levantou e foi buscar o tablet no quarto.