Sensação que funciona

Os egípcios foram os primeiros a ter essa sensação.

Eles juntavam folhinhas de um mato que crescia praqueles lados do rio Nilo, num tipo de processo caseiro, e faziam o que mais tarde seria conhecido como papel, e seria amado e odiado por pessoas que trabalhassem em lugares chamados escritório. Servia para se escrever coisas nele.

Na época eles eram os melhores em artes e arquitetura. Inclusive colocavam suas artes bidimensionais dentro das suas arquiteturas piramidais, expondo sua história e conhecimento. Muito provavelmente resolveram criar algo do zero para poderem ser melhores que todo mundo nisso. Era um tipo de escrita totalmente inovador, e eles se sentiam realmente deuses com isso. Mas ainda não é exatamente essa a sensação.

Acabamos descobrindo, depois de muito tempo, que outros matos também servem pra fazer papel de formas diferentes, e tamanhos diferentes. Entendemos que enrolar o papel pode não ser tão prático, já que podemos empilhá-lo – e aí que os funcionários de escritório começaram a enlouquecer – mas não é dessa sensação que estamos falando.

Depois inventamos o computador, e percebemos que aquela tela preta com letras verdinhas poderia ficar branca. E agora que ela é branca, pode virar uma eterna folha de papel, e isso só depende de qual site ou documento você abre.

Desde sempre inventamos histórias. Seja para mudar o jeito que a história acontece, ou para fugirmos na nossa própria história.

E, desde que existe o papel, e a linguagem escrita, essas histórias podem ser repassadas e lidas por todos que a entenderem. Mas, nesse pequeno intervalo entre existir papel, e existir uma história nele, ele estava em branco. Assim como essa página de web estava em branco. Com uma pequena linha vertical piscando, como que dizendo “escreva alguma coisa aqui”. Eu tentei fechar, e o WordPress me avisou “mas você ainda não escreveu nada!”.

E agora está cheia de letras.

Você está terminando de ler.

É dessa sensação que estou falando.

A sensação de que a comunicação funciona.

É uma das melhores que existe.