Curioso caso do presunto

O grande conquistador marchava à frente de seu exército pelos campos verdejantes do inimigo. A longa caminhada levava ao centro de comércio e governo de seus algozes. Numa marcha ligeira e contínua, repentinamente, sem nenhuma explicação plausível do Universo, o grande conquistador viu um presunto.

Não era exatamente diferente de qualquer presunto que você compra na padaria. Na verdade era um presunto completamente normal. Uma simples fatia de presunto. Essa fatia estava sobre um prato de porcelana, sobre o gramado. Não como algo que foi jogado, mas algo colocado com leveza e delicadeza. Espaços iguais entre as bordas do presunto e do prato. Tudo perfeitamente normal, exceto por estar ali, no meio do gramado. O problema nem era o espaço, mas o tempo.

O grande conquistador parou imediatamente, dando sinal para seus subordinados. Montaram acampamento em volta do que parecia um pequeno pedaço de carne misterioso sobre um disco tão branco como…como algo que nunca viram, portanto não conseguiam descrever.

O atual rei daquelas terras soube da invasão, e mandou seus melhores homens para a batalha. O grande conquistador ganhou mesmo estando em menor número e território inimigo, e logo todo o crédito foi dado ao disco cor-de-neve e o pedaço rosado de algo-que-se-parecia-com-carne.

O grande conquistador avançou seu exército, e conquistou todas aquelas terras, enquanto seus melhores alquimistas estudavam o objeto com cautela. O que parecia um pedaço de carne tomou uma coloração roxa, e começou a cheirar mal, levando-os a crer, com veemência, que tinha vida própria. Quando moscas começaram a circular o objeto, começaram a entender que o presunto era comestível e o grande conquistador, em sua grande arrogância, decretou ser o único digno a comer o alimento que os trouxe toda a vitória do reino.

Todo o império ruiu quando o grande rei conquistador morreu de intoxicação alimentar.

Enquanto isso – na verdade muito depois disso – Alexandre tentava entender o que aconteceu com o presunto que, jurava, tinha deixado esquentando no microondas, e sumiu. Deu de ombros e fez um miojo.

Foi pra faculdade de história.

Um comentário em “Curioso caso do presunto

Os comentários estão encerrados.